pexels-dominika-roseclay-1145997

7 sinais de que você pode estar grávida:

Como dito anteriormente em nosso Blog descobrir ou desconfiar de uma gravidez envolve tantos sentimentos e sensações quase inexplicáveis para a mulher, portanto neste artigo eu vou te contar alguns sinais que talvez seu corpo esteja dando de que a uma nova vida sendo gerada em seu ventre.

Em nosso Blog – Associação Guadalupe você pode conferir o novo artigo que liberamos orientando as mamães de plantão sobre os  Cuidados após descobrir a gestação, depois do positivo o primeiro passo sempre é a procura pelo médico, não é mesmo? Assim sendo, ainda existem dúvidas sobre o que fazer após notar sinais de gravidez, então vamos falar sobre isso também. 

Sinais de gravidez:

  1. Atraso menstrual

Logo de cara podemos assinalar que o atraso menstrual está dentre os primeiros sinais que o corpo dá à mulher. Em alguns casos a mulher engravida, mas ainda menstrua normalmente  apenas em fases iniciais, essa situação pouco foi avaliada por médicos especialistas, uma vez que sangramentos são considerados risco na gestação- o próximo artigo será sobre sangramentos na gravidez, fique atenta pra entender tudo sobre esse assunto.

O indicado nessas situações é analisar a quantidade de sangue e a frequência em que desce, pois os sintomas hormonais são muito parecidos com o de uma gestação, sendo então “normal” ocorrer esse tipo de situação.

  1. Cansaço excessivo

Outro queridinho (ou nem tanto assim 🙂 é o cansaço excessivo, fadiga e muito estresse, isso ocorre porque a movimentação ou fabricação da placenta requer muita energia produzindo alguns hormônios responsáveis por esse cansaço.

  1. Mamas sensíveis e/ou escurecimento da aréola

Ao longo da gestação os seios se preparam para a amamentação sendo ficando mais pesados, doloridos e maiores, tal acontecimento pode ficar mais perceptível na 6° e 7° semana. Para aliviar as dores é aconselhável que durante a gravidez a mulher use sutiã de sustentação de dia e a noite, para que assim ajude a suportar o peso dos seios.

O sutiã deve ser o mais confortável possível, sem ferro e alças largas, conforme o passar do tempo a mulher pode mudar de tamanho de acordo com o crescimento dos seios.

  1. Dor no fundo das costas

No terceiro trimestre ela vem, a dor nas costas chegam para todas as gestantes (infelizmente), isso se deve ao tamanho da barriga, seu crescimento e o esforço da lombar para suportar o peso pra frente.

  1. Aversão a cheiros fortes

Como dito, a produção de diversos hormônios aumenta muiiiita coisa na gestação, inclusive o progesterona aumentando o olfato, paladar, cheiro e sabor o que muitas vezes pode deixar a mamãe mais sensível aos cheiros e facilmente enjoada com os mesmos.

  1. Variações de humor

Neste sinal o causador por isso é o estrogênio, mexendo diretamente com a razão da mulher, fazendo com que ria intensamente, chore na mesma medida e se irrite facilmente

  1. Enjoo matinal e/ou vômitos

Foi comprovado que a um campo em nosso cérebro denominado “centro do vômito” com o aumento do HCG o comando é enviado até essa área provocando enjoos matinais e vômitos mais presentes no ínicio da gestação, por isso muitas mulheres desconfiam mais facilmente através desse sinal.

Tenho sinais de gravidez e agora?

Como conversamos, a primeira reação da gestante após descobrir o positivo é ir ao médico, mas também existem outros cuidados a serem tomados- vamos citar alguns, mas recomendo continuar a leitura aqui Cuidados após descobrir a gestação. Vamos lá!!

Na sua primeira consulta, provavelmente o médico vai solicitar:

A primeira ultrassonografia

A primeira ultrassonografia é um dos primeiros cuidados na gravidez. Ela deve ser realizada logo após a descoberta, entre a sexta e a oitava semana. Ela é feita por via intravaginal (ou transvaginal) e seus principais objetivos são visualizar o embrião, a presença de batimentos cardíacos do feto e o saco gestacional, confirmar a idade gestacional e estimar a data provável do parto e avaliar se o embrião está implantado no útero ou fora dele (gravidez ectópica) além de detectar uma gestação gemelar precocemente. É possível

Também são observados os ovários e o colo do útero. Nesse primeiro ultrassom já é possível ouvir os batimentos cardíacos do bebê — que é rápido e forte.

Uma bateria de exames

A primeira consulta de pré-natal é a mais demorada de toda a gestação. Além de analisar todo o histórico de saúde da mulher e de seus familiares para prever possíveis complicações, será ainda solicitada uma bateria de exames de sangue e urina. Não se assuste com a quantidade deles, o objetivo é mesmo avaliar sua saúde geral e identificar se há algum risco especial para a boa evolução da gravidez e que precisará de acompanhamento mais rigoroso.

Os principais exames solicitados incluem o hemograma completo com contagem de plaquetas, exame de glicemia, testes sorológicos para HIV, sífilis, toxoplasmose, CMV, rubéola e hepatites (B e C), o teste de tipo sanguíneo e fator RH, o de Coombs indireto para mulheres RH negativo (se o pai da criança tiver o RH positivo, esse exame será repetido mensalmente para avaliar se não há a presença de anticorpos no sangue materno contra o RH positivo e que podem trazer riscos para o bebê) e também exames de urina.

Lembrando que outros exames podem ser solicitados a critério médico.

E aí? Você tem algum desses sinais? Lembre-se que fazer um exame de sangue é o mais indicado para ter um resultado mais preciso e marcar o quanto antes uma consulta de pré natal para acompanhar a gestação.

Você conhece a Associação Guadalupe?

A Associação Guadalupe oferece o Projeto Futuras Mães, que tem por objetivo cuidar de gestantes que vivem em condições sociais e emocionais desfavoráveis. Estas mulheres recebem assessoria de uma equipe multiprofissional, bem como palestras sobre o melhor cuidado para o bebê, aleitamento materno, sustentabilidade e outros tópicos.

A Associação Guadalupe promove o Projeto Futuras Mães para atender mulheres em situação de vulnerabilidade social e emocional durante a gravidez. Essas gestantes recebem auxílio especializado de uma equipe multiprofissional, abrangendo áreas como nutrição, ginecologia/obstetrícia, psicologia, assistência social, enfermagem, odontologia, pediatria e outras. Além disso, também são oferecidas palestras sobre aleitamento materno, cuidados com o bebê e sustentabilidade.

Com patrocínio da EDP Brasil e apoio do Instituto EDP, este projeto consiste em oferecer às gestantes atendidas pela Entidade, atividades que possibilitem a geração de renda, profissionalização e aumento da autoestima. O projeto consiste em oferecer acolhimento integral transitório às gestantes em vulnerabilidade e/ou em situação de risco pessoal no ambiente onde vivem, possibilitando um período gestacional sadio.

Enfim, desde que foi gestada, a Associação Guadalupe nutre um sonho: ter uma sede própria para receber as gestantes. Um local adaptado para oferecer nosso carisma em sua plenitude. Em novembro de 2018 o primeiro passo deste sonho se tornou realidade. Através do apoio, a Prefeitura de São José dos Campos fez a doação de um terreno à entidade. Contamos com o apoio de benfeitores, esperando em Deus que essa obra seja concluída, pois será de grande valia para levar o projeto em frente, uma vez que sem ajuda não conseguimos crescer e são muitas mamães que dependem de nós.

Te convido a conhecer nosso Blog  temos como objetivo capacitar as futuras mamães e mantê-las informadas sobre os acontecimentos da maternidade.

Seja um parceiro solidário da Associação Guadalupe fazendo sua doação.